Show de lançamento do CD "Peixe Homem" da banda Madame Saatan – Sem dúvida foi um verdadeiro marco para o Rock Paraense

O show de lançamento do CD “Peixe Homem”, da banda Madame Saatan, já pode ser considerado como um verdadeiro marco para o rock paraense. Mais de duas mil pessoas lotaram , gritaram e se emocionaram no Pier da Casa das 11 Janelas. Sammliz Samm (voz), Ícaro Suzuki (baixo), Ivan Vanzar e Ed Guerreiro (guitarra e voz) mostraram uma intensidade e uma maturidade no palco, que esse show pode ser considerado como o verdadeiro nascimento de uma banda grande.

Eu só consegui assistir o show de abertura da A Red Nightmare. Excelente presença de palco dos músicos mostraram o quão promissora já é essa banda, e o quanto existe de qualidade no Rock e na música paraense de um modo geral. Vocais guturais na medida certa, sem mais nem menos, aqueceram o público para o que estava por vir. E falando em público era possível várias gerações do Rock local prestigiando esse grande momento.

Depois de um pouco mais de meia hora, entrou no palco a tão esperada atração daquele final de tarde, que já entrou na história do Rock local. A Madame Saatan entrou já com “os pés na porta” com o hit do novo CD, “Respira”. Logo após com “Vela”, o público já estava completamente dominado e alucinado. A segurança de cada músico, tanto com os seus instrumentos quanto com a comunicação com todos os presentes, mostraram o por quê a banda Madame Saatan é promissora.

Um dos momentos mais lindos, foi na música “Gotas em Caos” que a Sammliz, simplesmente mostrou o quanto se tornou uma das frontwomen com presença de palco, mais fortes do Rock Nacional, ela ordenou uma verdadeira pororoca de gente. Dividindo o público e coordenando a pororoca com uma liderança, que poucas vezes se viu por aqui.

Para fechar em grande estilo, Jayme Katarro (vocalista da lendária banda Delinquentes) subiu ao palco, através de um pedido da Sammliz, e cantaram juntos o clássico “Caos”, do primeiro EP da Madame Saatan, “O Tao do Caos”. Esse show encheu os olhos e o coração dos aficionados e por todos que acreditam no poder do Rock Paraense.

Foto do setlist: Thiago Viana

É HOJE O GRANDE DIA: LANÇAMENTO DO CD "PEIXE HOMEM" DA BANDA MADAME SAATAN

A banda Madame Saatan está em Belém para apresentar seu novo trabalho aos fãs. No Píer da Casa das Onze Janelas será realizado, logo mais, às 16h, o primeiro show da turnê “Peixe Homem”, mesmo nome do segundo CD da banda, que tem raízes paraenses, mas há três anos decidiu fixar residência em São Paulo. E, como não podia ser diferente, a cena rock and roll da cidade está em festa: “Não tinha como ser diferente. Foi aqui que a gente começou tudo, é onde está a nossa base. Queríamos compartilhar essa alegria com os amigos mais próximos”, diz Sammliz, vocalista do grupo, que se completa com os músicos Ed Guerreiro (guitarra), Ícaro Suzuki (baixo) e Ivan Vanzar (bateria).

O primeiro disco do Madame Saatan foi lançado em 2007 – quando a banda ainda estava em Belém -, e foi eleito em 2008 o melhor álbum de heavy metal pelo Prêmio Dynamite de música independente, um dos mais importantes da categoria. “Sair de Belém foi necessário para que ficássemos mais perto e onde as coisas acontecem, além de que é muito mais fácil e viável o deslocamento de São Paulo pra qualquer outra parte do Brasil”, explica o produtor da banda, Bernie Walbenny.

Banda colhe frutos da mudança para SP

Com a mudança de cidade, muitas coisas começaram a acontecer, como a participação nos principais festivais de música independente pelo Brasil, e a produção de um show que é considerado um dos mais devastadores dos últimos tempos, além da oportunidade de a banda se apresentar em programas como o “Altas Horas”, na Rede Globo/TV Liberal.

“Peixe Homem” é produzido por Paulo Anhaia (Charlie Brown Jr, Velhas Virgens), e masterizado nos Estados Unidos, por Alan Douches (Aerosmith, Misfits, Mastodon). O lançamento sai pelo selo Doutromundo Discos.