6ª Edição do Festival Se Rasgum – 3 dias de muita informação cultural e musical

Depois de cinco grandes edições e de citações elogiosas em alguns dos maiores veículos da imprensa musical do Brasil (revista “Bravo!”, “Folha de S. Paulo”, revista “Billboard” e MTV Brasil), o Festival Se Rasgum chega à sua sexta edição, que começa hoje no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. Hoje, o evento abrirá suas portas às 21h, e no sábado e domingo às 20h.

Na sexta-feira, o Salão B do Hangar recebe as bandas Eddie (PE), Bidê ou Balde (RS), as locais Projeto Charmoso e Circuito Floresta Sonora e o compositor Leoni (ex-Kid Abelha e Heróis da Resistência) para um show especial tendo como banda convidada Suzana Flag. No sábado, Lobão (RJ) é a grande atração do dia, com seu novo show eletrificado e mais de duas horas com hits de toda sua carreira. Antes dele tem as atrações locais Pirucaba Jazz, Maquine, Juca Culatra & Crystal Reggae e a Gang do Eletro. E as nacionais Totonho e os Cabra (PB/RJ), Babilak Bah (MG/PB) e De Falla (RS), além da atração internacional, a uruguaia El Cuarteto de Nos.

E o domingo, 20, terceiro e último dia do Festival, a programação sofreu duas alterações. A primeira com o cancelamento da participação da jovem cantora e compositora paulistana Mallu Magalhães, que cancelou todos os shows de sua nova turnê por motivo de saúde. Em seu lugar, no entanto, vem BNegão e Os Seletores de Frequência, com seu som que traz uma mistura equilibrada de funk, rock e hip hop. Esta será a primeira apresentação do ex-Planet Hemp com sua banda em Belém. BNegão já veio anteriormente como convidado do combo carioca Digital Dubs. A outra substituição da noite foi na troca do guitarrista que participará do show de Mestre Vieira. Fernando Catatau, do Cidadão Instigado, não poderá vir por uma incompatibilidade de agenda que o fez cancelar sua participação. Em seu lugar entra o guitarrista João Erbetta, da banda Los Pirata e do Grupo de Marcelo Jeneci, que fecha a noite e a sexta edição do Festival com o show do aclamado disco “Feito pra acabar”. Pela noite de domingo ainda passam os roqueiros de Belo Horizonte do grupo Fusile, além dos locais da Antcorpus, Vinil Laranja, Laurentino e Os Cascudos e a festa regional do Arraial do Pavulagem.

Dobradinhas ousadas marcam a 6ª edição

Conhecido pelas baladas pop nas rodinhas de violão, Leoni deve protagonizar o show mais curioso e ousados do 6º Festival Se Rasgum. Diante do público acostumado a uma pegada mais rock e aberto à experimentações do cenário independente não são as opiniões afiadas de Lobão que causam estranhamento e sim na escalação o compositor de hits como “Garotos II”, “Pintura Íntima” e “Exagerado”. O carioca Leoni se apresenta na noite de sexta-feira, acompanhado da banda Suzana Flag.

Mas Leoni, que utiliza as ferramentas colaborativas da internet para divulgar novos trabalhos e até organizar shows financiados exclusivamente pela iniciativa do público, subverte a lógica do artista “comercial”. A reinvenção inspirou o livro “Manual de Sobrevivência no Mundo Digital”.

Para fazer esta incursão um tanto ousada nos palcos do Se Rasgum o artista vai ter a companhia da banda paraense Suzana Flag, que tempera os clássicos de Leoni com um pop moderno e criativo. “A proposta foi uma surpresa, aceitamos imediatamente, o Leoni é um ídolo para nós”, conta o guitarrista Joel Melo.

No ano passado o encontro de Odair José com a banda mineira Dead Lover’s Twisted Heart rendeu um dos shows mais elogiados do festival. As antológicas “Cadê Você”, “Pare de tomar a pílula”, “Eu vou tirar você deste lugar”, entre tantos outros clássicos do brega dor-de-cotovelo levaram o gogó da plateia ao limite. Comoção também na parceria de Dado Villa Lobos e Los Porongas, o ex-guitarrista do Legião Urbana não se furtou a tocar músicas do repertório da banda acreana bem como relembrar hinos que marcaram a adolescência de todas as gerações desde a década de 80.

“Mestre Vieira e os Dinâmicos” apresentam a guitarrada

Além de Leoni e Susana Flag o festival deste ano reserva outras surpresas ao público: Mestre Vieira volta aos palcos com os parceiros das primeiras formações do grupo “Vieira e seu Conjunto”, sucesso nas décadas de 70 e 80. A reunião com Lauro Onório (guitarra), Idalgino Cabral (Contrabaixo), Luiz Poça (teclado) e o vocalista Dejacir Matos, dessa vez também acompanhados por Gorayeb (percussão) e Vovô (bateria) foi batizada “Mestre Vieira e os Dinâmicos”. A apresentação do grupo será registrada para o documentário sobre os 50 anos de carreira do músico, o projeto patrocinado pelo Conexão Vivo, por meio da Lei Semear do Governo do Estado, tem lançamento previsto para o próximo ano.

O grande mestre da guitarrada também recebe outro ás do instrumento, João Erbetta. O guitarrista que atualmente participa da turnê de Marcelo Jeneci, conheceu a guitarrada de Vieira durante uma visita à Belém em 2004, pouco tempo depois foi morar nos Estados Unidos e foi no jazz tradicional de New Orleans que Erbetta reencontrou a sonoridade que conheceu na Amazônia. “Parte do repertório era baseado nos Beguines da Martinica e outras partes caribenhas, na hora percebi a mesma conexão que havia com o carimbó e, consequentemente a guitarrada. Me interessei ainda mais pelo Mestre Vieira e pela sua música”. O convite para participar do show e do documentário foi aceito imediatamente, mas o repertório e os arranjos ainda são um mistério.

Serviço

6º Festival Se Rasgum. Hoje, amanhã e depois no Hangar. Ingressos: R$ 25 antecipado / R$ 70 (segundo lote) o passaporte para as três noites. No quiosque do primeiro piso do Boulevard Shopping e na Ná Figueredo (Gentil Bittencourt, 449). Realização: Se Rasgum Produções e Sonique Produções.

MADAME SAATAN PELA PRIMEIRA VEZ NO RJ – EU ESTAREI LÁ

MADAME SAATAN pela 1ª vez no Rio!!!

Dia 12 de Novembro, sábado, às 21h, na Lapa!!!
MADAME SAATAN – Maior banda de rock do Norte do Brasil
PRIMÍCIA – Maior revelação do interior do Estado
ÁGONA – Maior banda de Death Metal do Estado

A Underground Cultural traz pela 1ª vez à capital a maior banda de rock do Norte do país, Madame Saatan, de Belém (PA). A banda está por turnê por todo Brasil e depois de passar por São Paulo, Belo Horizonte, Belém, Manaus, Porto Velho e Salvador, chega para apresentação única no Rio.

Seu ‘Peixe-Homem’, álbum lançado em agosto foi masterizado nos EUA, e seu novo clipe ‘Respira’ foi gravado por P.R. Brown, mesmo diretor de Slipknot, Smashing Pumpkins e Audioslave.

O Madame Saatan já esteve na Globo (Altas Horas e Jornal Hoje), MTV, Multishow, Cultura, revistas como Veja, Rolling Stone e Rodie Crew e se apresentou na maioria das capitais brasileiras! E de quebra nessa estréia a revelação de 2011 do interior do Estado, Primícia, e a maior banda de Death Metal do Estado do Rio, Ágona!!!

“Eu amo o Rio de Janeiro e tenho um parentesco com a capital já que minha mãe é carioca. Estamos indo aí para tocar o terror juntos com vocês”, disse a vocalista Sammilz.
Confira as atrações:

>>> Madame Saatan: www.youtube.com/madamesaatan

– Respira (clipe MTV): http://youtu.be/sLe271QMWx8
– Devorados (Altas Horas, Globo): http://youtu.be/o84hhHR9mUM
– Gotas de Sangue (ao vivo): http://youtu.be/MIOo3XvHXZg

>>> Primícia: www.youtube.com/primiciaoficial

– Siga o Coelho Branco (clipe MTV): http://youtu.be/eQbxnsz7KCM

>>> Ágona: http://www.youtube.com/agonaoficial

– Mar (ao vivo): http://youtu.be/OCB1TD3tOnw

SÁBADO, dia 12 de Novembro, às 21h, na Lapa!!!
Espaço UNDERGROUND CULTURAL!
Rua do Senado, 208, Centro / Lapa (ao lado do Corpo de Bombeiros)

Ingressos limitados: R$ 15 até as 22h e R$ 20 após as 22h

+ DJ TERROR infernizando a Pista com muito Rock!!

Mais informações: [email protected] (MSN) e (21) 7812-6748

Festival Megafônica

A segunda edição do Festival Megafônica vem aí!

Nos dias 14 e 15 de outubro, prepare-se para um fim de semana cheio de rock’n’roll! Serão 6 bandas de fora do Estado e mais 10 bandas locais, confira o cronograma, confirme presença, e convide seus amigos!

Café com Arte – 14/10 – sexta-feira
23h20 – Aerolito
00h00 – Aeroplano
00h40 – Tuc Tuc (RJ)
01h30 – The Baudelaires
02h10 – Galinhas Polacas (BA)

Na boate: Projeto Charmoso
No porão: Vandersexxx & Jeft (Dance Like Hell)

Mormaço – 15/10 – sábado
20h – SIM
20h40 – Paris Rock
22h00 – Bruno BO
22h40 – Sincera
23h20 – BR 69 (RJ)
00h00 – La Orchestra Invisível
00h40 – Zefirina Bomba (PB)
01h50 – Vinil Laranja
02h30 – Nevilton (PR)

Ingressos:
Passaporte antecipado e limitado (2 dias): R$30,00
14./10: R$15 (antecipado), R$20,00 na hora
15/10: R$20,00 (antecipado), R$25,00 na hora

Vendas antecipadas: (EM BREVE)
ForFun Street shop (Trav. São Pedro, atrás do Pátio Belém)
contato: 8117.8963 8309.5666

Entrada liberada somente para maiores de 18 anos.

Mais informações: http://megafonica.blogspot.com/

Suzana Flag – Uma das Mais Importantes Bandas do Rock e Pop do Pará

Era o ano de 2002 quando a banda Suzana Flag lançou de maneira totalmente independente o seu primeiro disco intitulado “Fanzine”, nome que representa bem o tempo em que os projeto musicais eram concretizados de maneira caseira e repassados aos amigos, que também repassavam para outros amigos até que o som da banda se espalhasse pelos quatro cantos.
Vinda de Castanhal, cidade próxima à capital do Estado do Pará, Belém, a sonoridade desse primeiro registro cativou pela simplicidade e qualidade com que as músicas iam aparecendo, constituindo uma camada pop inteligente e com boas letras e melodias.
A banda virou referência no circuito alternativo de Belém, tendo praticamente todas as suas canções de “Fanzine” tocadas na Rádio Cultura. Novas tiragens foram providenciadas e a legião de fãs crescia a cada show.
O sucesso consolidou-se em vários prêmios como o London Burning de “Revelação” em 2004, participação em diversos festivais no país afora como o Abril Pro Rock 2005, além de estar inclusa no tributo ao cantor Odair José lançado em 2006 junto com nomes como Pato Fu e Mundo Livre S/A.
O reconhecimento de crítica e público vem pavimentando o caminho da banda desde então, que se prepara para lançar o seu tão aguardado segundo disco: “Souvenir”. Algumas canções como “3D”, Hibrido” e “Postal” já foram disponibilizadas pela banda e tocadas em shows mais recentes, mostrando uma roupagem mais rock n´ roll se adequando a uma sonoridade com maior velocidade nos arranjos e mais guitarras, sem perder no entanto a veia pop que continua presente na doce voz da vocalista Susanne Melo. As influências da banda como Pixies e Cardigans ainda continuam presentes, mas ganham uma roupagem Power Pop que já se ouvia no primeiro disco, agora com mais pegada e melhor produção.

SOUVENIR – O SHOW

Foram quase dez anos desde o lançamento do álbum “Fanzine”, até que a banda Suzana Flag lançasse o segundo disco: “Souvenir”. Tempo suficiente para a banda fazer todas as experimentações, criar e recriar arranjos, amadurecendo ao máximo o trabalho e selecionar de forma precisa todas as faixas, levando em consideração seus críticos mais exigentes: O público.
Seguindo os mesmos passos do álbum “Fanzine”,o segundo disco já emplaca mais de um hit nas rádios. Músicas como “Um dia de cada vez”, “Antiaéreo” e a faixa “Souvenir”, que dá nome ao disco, estão entre as músicas mais pedidas.
Desde o início, a banda Suzana Flag utiliza-se dos mais variados recursos tecnológicos para registrar e compor seu trabalho. Agora o desafio é migrar toda essa tecnologia do estúdio para o palco. Não só nos arranjos das canções e parafernália sonora, mas também na produção do cenário, iluminação e projeções mapeadas.
Mas como integrar todos estes elementos com o som da banda ao vivo? É isto que vamos descobrir quando o primeiro acorde do show soar.
O show “Souvenir” também é parte das comemorações de nove (9) anos de careira da banda Suzana Flag e terá como convidados especiais, artistas que fizeram parte da história da banda.

Suzana Flag na Internet:

http://www.suzanaflag.com.br/

http://www.fotolog.com.br/suzana_flag

http://www.myspace.com/suzanaflag

http://twitter.com/bandasuzanaflag

http://pt-br.facebook.com/people/Suzana-Flag/100002395729886

 

Hoje é o dia do show da banda Porcas Borboletas em Belém

Sabe quando você descobre que uma banda muito, muito boa vai estar pertinho da sua cidade fazendo um show, e você pensa: “por que não tocar em Belém também?” O coletivo Megafônica pensou exatamente isso, quando soube que o Porcas Borboletas estaria se apresentando no Conexão Vivo de Castanhal neste fim de semana, e que não tinha como deixar de dar uma esticadinha em Belém, já que há muito tempo a gente já namorava com a possibilidade de trazer esses excêntricos garotos Uberlandenses por aqui.
Pra abrir os trabalhos, o público contará com a estréia da banda IZA, o novo projeto de Izabela Jangoux, ex-Stigma, que juntamente com Ivan (também ex-Stigma), e outros músicos convidados retorna aos palcos depois de um hiato de alguns bons anos.

Outra banda que fará participação pré- Porcas Borboletas, é a Stereoscope, uma das bandas mais importantes do cenário rocker paraense, tendo lançado recentemente seu CD “Conjunto de Rock”, a banda mais carrega no bolso vários hits, que com certeza, não deixarão a desejar nesta noite de domingo.

Fazendo o som na boate do Café com Arte, o Dj residente Roberto Figueiredo e Dj Tusa Montenegro, do coletivo Megafônica.

Depois desse festival de coisas boas pra um domingo só, agende-se! A festa tem início às 18hs, e os ingressos custarão R$15,00 com nome na lista, e R$20,00 sem nome na lista. A lista amiga pode ser encontrada no www.megafonica.blogspot.com.
.

Sobre o Porcas Borboletas:
A banda Porcas Borboletas, de Uberlândia-MG, apresenta uma sonoridade inventiva e uma presença de palco vigorosa.
Reconhecido como um os principais nomes da nova cena da música independente brasileira, já lançou os álbuns “A Passeio” (2009) e “Um Carinho com os Dentes” (2005), circulou pelos principais festivais independentes nacionais e apresentou sua música em palcos de Londres e Paris.
Seu disco mais recente, “A Passeio”, reúne canções como “Menos”, parceria com Clarah Averbuck eleita uma das 25 melhores músicas nacionais de 2009 pela Rolling Stone BR, “Nome Próprio”, tema do filme homônimo de Murilo Salles (melhor filme Festival de Gramado), e “Super-Herói-Playboy”, com participações de Leandra Leal, Arrigo Barnabé e Junio Barreto. Já o álbum de estreia, “Um Carinho com os Dentes”, apresenta as marcantes “Cerveja” e “Lembrancinha”, além de “Eu”, poema de Arnaldo Antunes musicado pelo grupo.
Desde o lançamento do primeiro CD, a banda circula por todo território nacional, tendo passado por vários dos principais festivais independentes do país, tais como Goiânia Noise, Calango, RecBeat, Jambolada, Varadouro e Bananada, dentre outros. No exterior, foi uma das atrações do Festival Brazil, realizado no Southbank Centre, em Londres, fazendo o show de abertura para o consagrado grupo tropicalista Os Mutantes. Além deste show, se apresentou no Festival Lovebox (Londres) e no pub L’Internacional (Paris). A banda faz parte ainda da coletânea inglesa “Oi – A Nova Música do Brasil”.
Figurando entre os artistas do projeto Conexão Vivo, o Porcas Borboletas já realizou shows tendo como convidados artistas como Otto, Arrigo Barnabé e Arnaldo Antunes.
Além disso, a banda realiza o show “Às Próprias Custas S.A”, com participação especial de BNegão, em que faz uma releitura do segundo álbum do cantor Itamar Assumpção. Este show foi concebido a convite do SESC-SP, para o lançamento da Caixa Preta, que reúne a discografia completa do compositor paulistano.

Ouça, baixe, assista e conheça:http://tnb.art.br/rede/porcasborboletas/

SERVIÇO:
Megafônica apresenta: Porcas Borboletas (MG)
Com as bandas: Stereoscope e IZA
Dia: 25/09 (domingo)
Local: Café com Arte
Horário: 18hs
Ingressos: $15 (na lista), $20 (sem lista)

Bárbara Andrade
Coordenação de planejamento e sustentabilidade
Coletivo Megafônica

(91) 8309.5666
msn: [email protected]
skype: bahrbara.andrade

Megafônica:
http://www.megafonica.blogspot.com
http://www.twitter.com/megafonica

Coletivo Megafônica realiza neste domingo, show da banda mineira Porcas Borboletas, pela primeira vez em Belém.

Sabe quando você descobre que uma banda muito, muito boa vai estar pertinho da sua cidade fazendo um show, e você pensa: “por que não tocar em Belém também?” O coletivo Megafônica pensou exatamente isso, quando soube que o Porcas Borboletas estaria se apresentando no Conexão Vivo de Castanhal neste fim de semana, e que não tinha como deixar de dar uma esticadinha em Belém, já que há muito tempo a gente já namorava com a possibilidade de trazer esses excêntricos garotos Uberlandenses por aqui.
Pra abrir os trabalhos, o público contará com a estréia da banda IZA, o novo projeto de Izabela Jangoux, ex-Stigma, que juntamente com Ivan (também ex-Stigma), e outros músicos convidados retorna aos palcos depois de um hiato de alguns bons anos.

Outra banda que fará participação pré- Porcas Borboletas, é a Stereoscope, uma das bandas mais importantes do cenário rocker paraense, tendo lançado recentemente seu CD “Conjunto de Rock”, a banda mais carrega no bolso vários hits, que com certeza, não deixarão a desejar nesta noite de domingo.

Fazendo o som na boate do Café com Arte, o Dj residente Roberto Figueiredo e Dj Tusa Montenegro, do coletivo Megafônica.

Depois desse festival de coisas boas pra um domingo só, agende-se! A festa tem início às 18hs, e os ingressos custarão R$15,00 com nome na lista, e R$20,00 sem nome na lista. A lista amiga pode ser encontrada no www.megafonica.blogspot.com.
.

Sobre o Porcas Borboletas:
A banda Porcas Borboletas, de Uberlândia-MG, apresenta uma sonoridade inventiva e uma presença de palco vigorosa.
Reconhecido como um os principais nomes da nova cena da música independente brasileira, já lançou os álbuns “A Passeio” (2009) e “Um Carinho com os Dentes” (2005), circulou pelos principais festivais independentes nacionais e apresentou sua música em palcos de Londres e Paris.
Seu disco mais recente, “A Passeio”, reúne canções como “Menos”, parceria com Clarah Averbuck eleita uma das 25 melhores músicas nacionais de 2009 pela Rolling Stone BR, “Nome Próprio”, tema do filme homônimo de Murilo Salles (melhor filme Festival de Gramado), e “Super-Herói-Playboy”, com participações de Leandra Leal, Arrigo Barnabé e Junio Barreto. Já o álbum de estreia, “Um Carinho com os Dentes”, apresenta as marcantes “Cerveja” e “Lembrancinha”, além de “Eu”, poema de Arnaldo Antunes musicado pelo grupo.
Desde o lançamento do primeiro CD, a banda circula por todo território nacional, tendo passado por vários dos principais festivais independentes do país, tais como Goiânia Noise, Calango, RecBeat, Jambolada, Varadouro e Bananada, dentre outros. No exterior, foi uma das atrações do Festival Brazil, realizado no Southbank Centre, em Londres, fazendo o show de abertura para o consagrado grupo tropicalista Os Mutantes. Além deste show, se apresentou no Festival Lovebox (Londres) e no pub L’Internacional (Paris). A banda faz parte ainda da coletânea inglesa “Oi – A Nova Música do Brasil”.
Figurando entre os artistas do projeto Conexão Vivo, o Porcas Borboletas já realizou shows tendo como convidados artistas como Otto, Arrigo Barnabé e Arnaldo Antunes.
Além disso, a banda realiza o show “Às Próprias Custas S.A”, com participação especial de BNegão, em que faz uma releitura do segundo álbum do cantor Itamar Assumpção. Este show foi concebido a convite do SESC-SP, para o lançamento da Caixa Preta, que reúne a discografia completa do compositor paulistano.

Ouça, baixe, assista e conheça:http://tnb.art.br/rede/porcasborboletas/

SERVIÇO:
Megafônica apresenta: Porcas Borboletas (MG)
Com as bandas: Stereoscope e IZA
Dia: 25/09 (domingo)
Local: Café com Arte
Horário: 18hs
Ingressos: $15 (na lista), $20 (sem lista)

Bárbara Andrade
Coordenação de planejamento e sustentabilidade
Coletivo Megafônica

(91) 8309.5666
msn: [email protected]
skype: bahrbara.andrade

Megafônica:
http://www.megafonica.blogspot.com
http://www.twitter.com/megafonica

É HOJE O GRANDE DIA: LANÇAMENTO DO CD "PEIXE HOMEM" DA BANDA MADAME SAATAN

A banda Madame Saatan está em Belém para apresentar seu novo trabalho aos fãs. No Píer da Casa das Onze Janelas será realizado, logo mais, às 16h, o primeiro show da turnê “Peixe Homem”, mesmo nome do segundo CD da banda, que tem raízes paraenses, mas há três anos decidiu fixar residência em São Paulo. E, como não podia ser diferente, a cena rock and roll da cidade está em festa: “Não tinha como ser diferente. Foi aqui que a gente começou tudo, é onde está a nossa base. Queríamos compartilhar essa alegria com os amigos mais próximos”, diz Sammliz, vocalista do grupo, que se completa com os músicos Ed Guerreiro (guitarra), Ícaro Suzuki (baixo) e Ivan Vanzar (bateria).

O primeiro disco do Madame Saatan foi lançado em 2007 – quando a banda ainda estava em Belém -, e foi eleito em 2008 o melhor álbum de heavy metal pelo Prêmio Dynamite de música independente, um dos mais importantes da categoria. “Sair de Belém foi necessário para que ficássemos mais perto e onde as coisas acontecem, além de que é muito mais fácil e viável o deslocamento de São Paulo pra qualquer outra parte do Brasil”, explica o produtor da banda, Bernie Walbenny.

Banda colhe frutos da mudança para SP

Com a mudança de cidade, muitas coisas começaram a acontecer, como a participação nos principais festivais de música independente pelo Brasil, e a produção de um show que é considerado um dos mais devastadores dos últimos tempos, além da oportunidade de a banda se apresentar em programas como o “Altas Horas”, na Rede Globo/TV Liberal.

“Peixe Homem” é produzido por Paulo Anhaia (Charlie Brown Jr, Velhas Virgens), e masterizado nos Estados Unidos, por Alan Douches (Aerosmith, Misfits, Mastodon). O lançamento sai pelo selo Doutromundo Discos.