Clipes de Ontem, de Hoje e de Sempre do Rock Paraense

O Rock paraense sempre foi extremamente forte e representativo no cenário nacional. Tendo grandes nomes, como Stress (a primeira banda de metal do Brasil), Delinquentes, Madame Saatan, entre outros. E ainda, para celebrar a volta do blog Rock Pará, selecionei alguns clipes, que representam muito bem a FORÇA do ROCK local: Stress (Mate o Réu), Delinquentes (Planeta dos Macacos), Mosaico de Ravena (Belém-Pará-Brasil); Insolência Pública (Beirute está Morta), Madame Saatan (Respira), Turbo (Eu sou feio mas ela gosta de mim), Johny Rock Star (Canção Reversa), Molho Negro (Aparelhagem de Apartamento), Aeroplano (Estou bem mesmo sem você).

Show Retaliatory

Com 22 anos de fundação a banda paraense RETALIATORY está mais PHODÁSTICA do que nunca e vai proporcionar aos headbangers de Belém city uma noite memorável no Scorpions Rock Bar.
Como bandas de abertura teremos nada mais nada menos do que três bandas POWERS…
MERIDIAN (ARCH ENEMY COVER) – Outra banda de excelente qualidade musical e com uma performance excitante! Os caras mandam muito bem e tem um set list redondinho, isso sem falar da vocalista Beatriz Brito que simplesmente deixa qualquer um que assiste a banda de prima completamente PASMO!
TREVELLER – Com um heavy metal com pitadas de Thrash a banda formada em 2001 está de volta ao cenário paraense com um novo line up e muita pauleira no pé do ouvido… Os caras não estão de brincadeira e prometem um show inesquecível!
ESTORVO – Formada em 2005 a banda tem um hardcore potente e recheado com letras de protesto que incomodam e despertam o censo critico sobre as coisa que ocorrem bem na sua venta e você nem se dá conta disso!!!
Data: 03 de Junho – Domingo
Ingressos: R$7,00 Até às 19:00hs e R$10,00 Após às 19:00hs
Local: Scorpions Rock Bar – 16 de Novembro Nº1000 – Próximo a Tamandaré
CONFIRME SUA PRESENÇA NO LINK DO EVENTO… PARTICIPE VOCÊ TAMBÉM DA MAXIMIZAÇÃO DA CENA ROCK NO ESTADO DO PARÁ
Apoio: Symbolic Produções – ARP (Associação do Rock Paraense) – GB Comunicação – Blog Metal Pará
http://www.facebook.com/events/441664179196721/

 

Veja o Novo Single da Banda Delinquentes.

 FORMIGUEIRO FEBRIL

 

 

Formigueiro febril é o nome do mais novo EP da banda Delinquentes, primeiro registro com a formação atual, que conta com Pedro Bernardo (guitarras), Pablo Cavalcante (baixo), Raphael Lima (bateria) e o incansável vocalista Jayme Katarro.

Apesar de parecer urgente, por ser o primeiro lançamento do ano em terras papa-xibé, por estar a velocidade do clique, ou pela própria velocidade sonora da banda, o single sai depois de três anos intensos de shows e divulgação do álbum “Indiocídio” e conta com a parceria dos sites MúsicaParaense.Org e Invisíveis; do selo Takakaos Record e da Rádio Cultura do Pará.

As músicas não são novas, mas foram gravadas pela primeira vez, e o EP contou com a produção de Mauro Seabra, da banda de metal DNA.

Uma curiosidade que costura as músicas, é que ambas foram lançadas durante o festival Se Rasgum. “Soterrados” em 2009 e “Formingueiro Febril” em 2010. Sobre essa situação o vocalista brinca “se tivéssemos tocado no festival de 2011, teríamos mais um som”.

Existe a idéia de que as músicas de “Formigueiro Febril” saiam do mundo virtual e se juntem a outras músicas em um próximo cd, que segundo Jayme, está sendo estudado se serão músicas inéditas ou regravações.

Enquanto isso, baixe o EP Formigueiro Febril e aproveite…

 

 

6ª Edição do Festival Se Rasgum – 3 dias de muita informação cultural e musical

Depois de cinco grandes edições e de citações elogiosas em alguns dos maiores veículos da imprensa musical do Brasil (revista “Bravo!”, “Folha de S. Paulo”, revista “Billboard” e MTV Brasil), o Festival Se Rasgum chega à sua sexta edição, que começa hoje no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. Hoje, o evento abrirá suas portas às 21h, e no sábado e domingo às 20h.

Na sexta-feira, o Salão B do Hangar recebe as bandas Eddie (PE), Bidê ou Balde (RS), as locais Projeto Charmoso e Circuito Floresta Sonora e o compositor Leoni (ex-Kid Abelha e Heróis da Resistência) para um show especial tendo como banda convidada Suzana Flag. No sábado, Lobão (RJ) é a grande atração do dia, com seu novo show eletrificado e mais de duas horas com hits de toda sua carreira. Antes dele tem as atrações locais Pirucaba Jazz, Maquine, Juca Culatra & Crystal Reggae e a Gang do Eletro. E as nacionais Totonho e os Cabra (PB/RJ), Babilak Bah (MG/PB) e De Falla (RS), além da atração internacional, a uruguaia El Cuarteto de Nos.

E o domingo, 20, terceiro e último dia do Festival, a programação sofreu duas alterações. A primeira com o cancelamento da participação da jovem cantora e compositora paulistana Mallu Magalhães, que cancelou todos os shows de sua nova turnê por motivo de saúde. Em seu lugar, no entanto, vem BNegão e Os Seletores de Frequência, com seu som que traz uma mistura equilibrada de funk, rock e hip hop. Esta será a primeira apresentação do ex-Planet Hemp com sua banda em Belém. BNegão já veio anteriormente como convidado do combo carioca Digital Dubs. A outra substituição da noite foi na troca do guitarrista que participará do show de Mestre Vieira. Fernando Catatau, do Cidadão Instigado, não poderá vir por uma incompatibilidade de agenda que o fez cancelar sua participação. Em seu lugar entra o guitarrista João Erbetta, da banda Los Pirata e do Grupo de Marcelo Jeneci, que fecha a noite e a sexta edição do Festival com o show do aclamado disco “Feito pra acabar”. Pela noite de domingo ainda passam os roqueiros de Belo Horizonte do grupo Fusile, além dos locais da Antcorpus, Vinil Laranja, Laurentino e Os Cascudos e a festa regional do Arraial do Pavulagem.

Dobradinhas ousadas marcam a 6ª edição

Conhecido pelas baladas pop nas rodinhas de violão, Leoni deve protagonizar o show mais curioso e ousados do 6º Festival Se Rasgum. Diante do público acostumado a uma pegada mais rock e aberto à experimentações do cenário independente não são as opiniões afiadas de Lobão que causam estranhamento e sim na escalação o compositor de hits como “Garotos II”, “Pintura Íntima” e “Exagerado”. O carioca Leoni se apresenta na noite de sexta-feira, acompanhado da banda Suzana Flag.

Mas Leoni, que utiliza as ferramentas colaborativas da internet para divulgar novos trabalhos e até organizar shows financiados exclusivamente pela iniciativa do público, subverte a lógica do artista “comercial”. A reinvenção inspirou o livro “Manual de Sobrevivência no Mundo Digital”.

Para fazer esta incursão um tanto ousada nos palcos do Se Rasgum o artista vai ter a companhia da banda paraense Suzana Flag, que tempera os clássicos de Leoni com um pop moderno e criativo. “A proposta foi uma surpresa, aceitamos imediatamente, o Leoni é um ídolo para nós”, conta o guitarrista Joel Melo.

No ano passado o encontro de Odair José com a banda mineira Dead Lover’s Twisted Heart rendeu um dos shows mais elogiados do festival. As antológicas “Cadê Você”, “Pare de tomar a pílula”, “Eu vou tirar você deste lugar”, entre tantos outros clássicos do brega dor-de-cotovelo levaram o gogó da plateia ao limite. Comoção também na parceria de Dado Villa Lobos e Los Porongas, o ex-guitarrista do Legião Urbana não se furtou a tocar músicas do repertório da banda acreana bem como relembrar hinos que marcaram a adolescência de todas as gerações desde a década de 80.

“Mestre Vieira e os Dinâmicos” apresentam a guitarrada

Além de Leoni e Susana Flag o festival deste ano reserva outras surpresas ao público: Mestre Vieira volta aos palcos com os parceiros das primeiras formações do grupo “Vieira e seu Conjunto”, sucesso nas décadas de 70 e 80. A reunião com Lauro Onório (guitarra), Idalgino Cabral (Contrabaixo), Luiz Poça (teclado) e o vocalista Dejacir Matos, dessa vez também acompanhados por Gorayeb (percussão) e Vovô (bateria) foi batizada “Mestre Vieira e os Dinâmicos”. A apresentação do grupo será registrada para o documentário sobre os 50 anos de carreira do músico, o projeto patrocinado pelo Conexão Vivo, por meio da Lei Semear do Governo do Estado, tem lançamento previsto para o próximo ano.

O grande mestre da guitarrada também recebe outro ás do instrumento, João Erbetta. O guitarrista que atualmente participa da turnê de Marcelo Jeneci, conheceu a guitarrada de Vieira durante uma visita à Belém em 2004, pouco tempo depois foi morar nos Estados Unidos e foi no jazz tradicional de New Orleans que Erbetta reencontrou a sonoridade que conheceu na Amazônia. “Parte do repertório era baseado nos Beguines da Martinica e outras partes caribenhas, na hora percebi a mesma conexão que havia com o carimbó e, consequentemente a guitarrada. Me interessei ainda mais pelo Mestre Vieira e pela sua música”. O convite para participar do show e do documentário foi aceito imediatamente, mas o repertório e os arranjos ainda são um mistério.

Serviço

6º Festival Se Rasgum. Hoje, amanhã e depois no Hangar. Ingressos: R$ 25 antecipado / R$ 70 (segundo lote) o passaporte para as três noites. No quiosque do primeiro piso do Boulevard Shopping e na Ná Figueredo (Gentil Bittencourt, 449). Realização: Se Rasgum Produções e Sonique Produções.

MADAME SAATAN PELA PRIMEIRA VEZ NO RJ – EU ESTAREI LÁ

MADAME SAATAN pela 1ª vez no Rio!!!

Dia 12 de Novembro, sábado, às 21h, na Lapa!!!
MADAME SAATAN – Maior banda de rock do Norte do Brasil
PRIMÍCIA – Maior revelação do interior do Estado
ÁGONA – Maior banda de Death Metal do Estado

A Underground Cultural traz pela 1ª vez à capital a maior banda de rock do Norte do país, Madame Saatan, de Belém (PA). A banda está por turnê por todo Brasil e depois de passar por São Paulo, Belo Horizonte, Belém, Manaus, Porto Velho e Salvador, chega para apresentação única no Rio.

Seu ‘Peixe-Homem’, álbum lançado em agosto foi masterizado nos EUA, e seu novo clipe ‘Respira’ foi gravado por P.R. Brown, mesmo diretor de Slipknot, Smashing Pumpkins e Audioslave.

O Madame Saatan já esteve na Globo (Altas Horas e Jornal Hoje), MTV, Multishow, Cultura, revistas como Veja, Rolling Stone e Rodie Crew e se apresentou na maioria das capitais brasileiras! E de quebra nessa estréia a revelação de 2011 do interior do Estado, Primícia, e a maior banda de Death Metal do Estado do Rio, Ágona!!!

“Eu amo o Rio de Janeiro e tenho um parentesco com a capital já que minha mãe é carioca. Estamos indo aí para tocar o terror juntos com vocês”, disse a vocalista Sammilz.
Confira as atrações:

>>> Madame Saatan: www.youtube.com/madamesaatan

– Respira (clipe MTV): http://youtu.be/sLe271QMWx8
– Devorados (Altas Horas, Globo): http://youtu.be/o84hhHR9mUM
– Gotas de Sangue (ao vivo): http://youtu.be/MIOo3XvHXZg

>>> Primícia: www.youtube.com/primiciaoficial

– Siga o Coelho Branco (clipe MTV): http://youtu.be/eQbxnsz7KCM

>>> Ágona: http://www.youtube.com/agonaoficial

– Mar (ao vivo): http://youtu.be/OCB1TD3tOnw

SÁBADO, dia 12 de Novembro, às 21h, na Lapa!!!
Espaço UNDERGROUND CULTURAL!
Rua do Senado, 208, Centro / Lapa (ao lado do Corpo de Bombeiros)

Ingressos limitados: R$ 15 até as 22h e R$ 20 após as 22h

+ DJ TERROR infernizando a Pista com muito Rock!!

Mais informações: [email protected] (MSN) e (21) 7812-6748

Festival Megafônica

A segunda edição do Festival Megafônica vem aí!

Nos dias 14 e 15 de outubro, prepare-se para um fim de semana cheio de rock’n’roll! Serão 6 bandas de fora do Estado e mais 10 bandas locais, confira o cronograma, confirme presença, e convide seus amigos!

Café com Arte – 14/10 – sexta-feira
23h20 – Aerolito
00h00 – Aeroplano
00h40 – Tuc Tuc (RJ)
01h30 – The Baudelaires
02h10 – Galinhas Polacas (BA)

Na boate: Projeto Charmoso
No porão: Vandersexxx & Jeft (Dance Like Hell)

Mormaço – 15/10 – sábado
20h – SIM
20h40 – Paris Rock
22h00 – Bruno BO
22h40 – Sincera
23h20 – BR 69 (RJ)
00h00 – La Orchestra Invisível
00h40 – Zefirina Bomba (PB)
01h50 – Vinil Laranja
02h30 – Nevilton (PR)

Ingressos:
Passaporte antecipado e limitado (2 dias): R$30,00
14./10: R$15 (antecipado), R$20,00 na hora
15/10: R$20,00 (antecipado), R$25,00 na hora

Vendas antecipadas: (EM BREVE)
ForFun Street shop (Trav. São Pedro, atrás do Pátio Belém)
contato: 8117.8963 8309.5666

Entrada liberada somente para maiores de 18 anos.

Mais informações: http://megafonica.blogspot.com/

Show de lançamento do CD "Peixe Homem" da banda Madame Saatan – Sem dúvida foi um verdadeiro marco para o Rock Paraense

O show de lançamento do CD “Peixe Homem”, da banda Madame Saatan, já pode ser considerado como um verdadeiro marco para o rock paraense. Mais de duas mil pessoas lotaram , gritaram e se emocionaram no Pier da Casa das 11 Janelas. Sammliz Samm (voz), Ícaro Suzuki (baixo), Ivan Vanzar e Ed Guerreiro (guitarra e voz) mostraram uma intensidade e uma maturidade no palco, que esse show pode ser considerado como o verdadeiro nascimento de uma banda grande.

Eu só consegui assistir o show de abertura da A Red Nightmare. Excelente presença de palco dos músicos mostraram o quão promissora já é essa banda, e o quanto existe de qualidade no Rock e na música paraense de um modo geral. Vocais guturais na medida certa, sem mais nem menos, aqueceram o público para o que estava por vir. E falando em público era possível várias gerações do Rock local prestigiando esse grande momento.

Depois de um pouco mais de meia hora, entrou no palco a tão esperada atração daquele final de tarde, que já entrou na história do Rock local. A Madame Saatan entrou já com “os pés na porta” com o hit do novo CD, “Respira”. Logo após com “Vela”, o público já estava completamente dominado e alucinado. A segurança de cada músico, tanto com os seus instrumentos quanto com a comunicação com todos os presentes, mostraram o por quê a banda Madame Saatan é promissora.

Um dos momentos mais lindos, foi na música “Gotas em Caos” que a Sammliz, simplesmente mostrou o quanto se tornou uma das frontwomen com presença de palco, mais fortes do Rock Nacional, ela ordenou uma verdadeira pororoca de gente. Dividindo o público e coordenando a pororoca com uma liderança, que poucas vezes se viu por aqui.

Para fechar em grande estilo, Jayme Katarro (vocalista da lendária banda Delinquentes) subiu ao palco, através de um pedido da Sammliz, e cantaram juntos o clássico “Caos”, do primeiro EP da Madame Saatan, “O Tao do Caos”. Esse show encheu os olhos e o coração dos aficionados e por todos que acreditam no poder do Rock Paraense.

Foto do setlist: Thiago Viana

SÓ O ROCK SALVA – Primeira etapa das Seletivas do Festival Se Rasgum – Showzaço da banda Cachorro Grande

Uma noite quente em todos os sentidos marcou a primeira etapa das Seletivas do Festival Se Rasgum, um dos mais importantes do Brasil. O que foi mais importante nesse momento inicial ficou centralizado na diversidade musical das bandas e artistas, do rock visceral da Vinil Laranja; passando pelo reggae descontraído do Juca Culatra junto com a Cristal Reggae; indo pelo momento Hip-Hop com Vida Noturna e MC Gaspa; a sonoridade doce e caliente do Projeto Charmoso e uma das grandes surpresas da noite a banda Maquine. Um prato cheio para quem está interessado em música de qualidade.

Mas um dos grandes momentos foi mesmo a apresentação dos gaúchos da banda Cachorro Grande, eles mostraram o quanto é SENSACIONAL ir a um show de Rock’n’Roll. Piração total, Corpos suados e pulando a cada acorde. Mais um show inesquecível de 2011 já repleto de grandes particularidades sonoras para o Pará e para o Brasil. Parabéns a toda a equipe da Se Rasgum. E SÓ O ROCK SALVA.

Banda The Bauldelaires está na disputa de eleição no SWU

FONTE: http://invisiveis.com/2011/09/09/the-baudelaires-na-votacao-pelo-swu/

The Baudelaires na votação pelo SWU!

Posted on 09/09/2011 by 

No site do SWU, um dos maiores festivais, senão o maior da América Latina, você encontra uma votação no concurso cultural Grito de Independência.

E entre as 10 finalistas está a paraense The Baudelaires, com Say you want me, do seu EP ‘City Love’.

Diz no site do festival:

Agora é com vocês! As 10 músicas finalistas das 10 bandas do Concurso Cultural “Grito de Independência” foram definidas! E são vocês que irão decidir qual dessas bandas vai ajudar a compor a trilha de três vídeos do Portal SWU, e ainda ser entrevistada pela SWUTV!

E é claro que você vai votar no The Baudelaires!

Olha o link da votação: http://www.swu.com.br/pt/sustentabilizese/swu-concursos/grito-de-independencia-vote/

 

The Baudelaires: EP "City Love". Baixe aqui também as músicas.

The Baudelaires

Logo quando se começa a ouvir o EP “City Love”, da banda The Baudelaires, a primeira impressão é a seguinte: “Meu Deus, sempre existirá salvação para o Rock’n’Roll”. A beleza das canções compostas por Andro Baudelaire e Marcelo Kahwage (guitarras e voz), Ariel Baudelaire (baixo) e Bruno Baudelaire (bateria) mostra porque a harmonia e melodias nunca podem faltar.

 

É impossível não se emocionar com as músicas desse EP. Se você ficou muito interessado? Aproveite e baixe por aqui, por esse blog as músicas de mais esse clássico do Rock Paraense

01 – The Baudelaires – Say you want me

02 – The Baudelaires – Pam

03 – The Baudelaires – Time

04 – The Baudelaires – Oh, Girlfriend

05 – The Baudelaires -Teletransportation now

06 – The Baudwelaires – City Love

07 – Proud Losers(BonusTrack)