Entrevista Especial com o produtor musical Rafael Ramos – DECKDISC

Rafael Ramos é muito mais do que explana o Wikipédia. Rafael Ramos é atualmente um dos produtores musicais mais importantes da cena do Rock Nacional, tanto produzindo bandas e artistas fortes no mercado brasileiro como Capital Inicial, Pitty, Dead Fish entre outros. Como também desenvolvendo o trabalho de novas bandas como o Vivendo do Ócio, direto da Bahia.

Além disso, ele também já fez parte das bandas Baba Cósmica (baterista e depois como vocalista) e tocou bateria na banda de hardcore Jason.

Rafael concedeu uma entrevista especial para o blog Rock Pará, na qual conta detalhes sobre os novos projetos do selo e gravadora Deckdisc, como a netlabel Vigilante. Ele também relata o interesse em relação as bandas do Pará.

Você já foi baterista de várias bandas, antes de ser produtor. Fale sobre essa experiência como músico?

Gosto da bateria até hoje. Foi o instrumento que casou comigo, quando eu era bem pequeno, mais que guitarra e baixo… Mas não tenho tocado, uma brincadeira ou outra, nada demais. Tô beeem enferrujado, na real.

Como começaste o teu trabalho como produtor? E também sobre a história da Deckdisc?

Comecei produzindo discos pro meu selo independente chamado Tamborete Entertainment, que tive com o Leonardo Panço (jornalista do Rio, guitarra do Jason, que toquei) nos anos 90. Fui produzir porque era o único da galera que já tinha entrado em estúdio alguma vez na vida. Fiz Sex NOise, Poindexter… discos bem massa. As gravações duravam 24, no máximo 36 horas. Pra fazer o disco TODO, MIXADO! Meus pais sempre tiveram a Deck e começar a trazer projetos pra dentro foi acontecendo de forma natural. Umas coisas foram dando certo e hoje estamos aí, felizes e na batalha!

Como surgiu a ideia de criar o Vigilante? E no que ele consiste?

O selo Vigilante é uma forma de se estudar o mercado da música e os novos caminhos. Experimentando mais, contratando bandas mais loucass, estilos diferentes. Foi uma das formas de permitir arriscar mais artisticamente, na escolha das bandas… com uma relação em que “parceria” e “planejamento” são palavras chave.

O mercado da música, tanto no mundo independente quando no âmbito mais comercial, está sem muita definição. Qual é a sua opinião sobre a atual situação do mercado da música, no Brasil e no mundo?

Nêgo reclama muito, mas quando aparece uma coisa muito boa (e tem rolado várias) a parada estoura e dá dinheiro. Da Lady Gaga ao The XX. Sempre tem coisa virando, acontecendo mesmo. Acho que a galera tem meio é que parar de reclamar, falar mal da indústria e se preocupar em melhorar seu produto (olha eu chamando música de produto!!!). E isso vale pro mundo.

O que você conhece do rock paraense?

Meu pai produziu o Flor Atômica do Stress. Vi o texto que você me mandou e me emocionei. Acho esse disco clássico. Conheço acho que zero da cena atual mas esse é o motivo desse contato dessa entrevista: compartilhar. Pelos links que você me mandou já vi que tem muita coisa boa.

Johny RockStar e Monovox – 5ª Noite Som do Norte – Café com Arte

5ª NOITE SOM DO NORTE TERÁ SHOWS DAS BANDAS JOHNY ROCKSTAR E MONOVOX
A festa acontece dia 24 de março, quinta, no Café com Arte

A 5ª edição da Noite Som do Norte terá como destaques o primeiro show neste ano da banda Johny Rockstar, e o lançamento do clipe “Astronave”, da banda Monovox. Os DJs Camilly (Peggy) e Roberto Figueiredo também marcam presença na festa que acontece no Café com Arte no dia 24 de março, quinta-feira, a partir das 21h.

A última apresentação da Johny em Belém foi em novembro do ano passado, no show da campanha beneficente Zoe Feliz. Já a Monovox, que volta à capital paraense depois de ter tocado em São Paulo no sábado, 12 de março, irá lançar “Astronave”, o primeiro clipe de seu CD de estreia, o Rotação Setenta e Sete, lançado em janeiro. O clipe será exibido no telão do quintal do Café com Arte às 22h.

Johny Rockstar conta com um público fiel em Belém, que sempre prestigia seu rock cheio de veneno e empolgação, que tem momentos de pegada forte pra agitos e também horas de baladas românticas para os apaixonados – em suma, música pop rock de qualidade e universal. Entre as influências do quarteto, estão Foo Fighters, Nirvana, Queens Of The Stone Age, Velvet Revolver, Metallica, Weezer e Los Hermanos. Os fundadores da Johny – Eliézer Wonkas III, Nata Ken Master, Elder Effe e Ivan Vanzar – integram ou já fizeram parte de importantes formações do rock paraense, como Madame Saatan, Suzana Flag, Eletrola, Ataque Fantasma e Clube de Vanguarda Celestial. Já se apresentaram em todos os principais festivais e casas de Belém, e seu show no Festival Casarão 2009 é lembrado até hoje em Porto Velho(RO) (seu hit “Alcalina” virou o hino daquela edição do festival). Já lançaram dois EPs, Johny Rockstar Ao Vivo e Monoral.

A banda Monovox nasceu em 2009 com a ideia de fazer um rock com características oitentistas, aliando referências brasileiras (Ira!, Inocentes, Violeta de Outono) e européias (Joy Division, Cure, Smiths, Bauhaus). Inicialmente, Marcelo Tafarel (vocal, guitarra e órgão) convidou outros três músicos (Marcelo Rabelo – guitarra, Marcelo Campos – baixo e Silvio Boulhosa – bateria) apenas para gravar as composições que ele havia feito para o CD Rotação Setenta e Sete. O entrosamento do quarteto durante a gravação no estúdio Blue Submarino, em Belém, em 2010, levou à solidificação da ideia de atuarem efetivamente como uma banda. O CD foi lançado em show no Espaço Aberto Ná Figueredo em janeiro; na ocasião, Monovox já havia sido convidada pelo proprietário da Baratos Afins, Luiz Calanca, para tocar agora em março em São Paulo, no evento Rock na Vitrine, ao lado das bandas paulistanas Coveiros da Quarta Parada e Johnny Brechó.

Os ingressos antecipados para a 5ª Noite Som do Norte, no valor de R$ 10,00, já estão à venda no próprio Café com Arte e na loja de artigos regionais Morena Iaçá, que fica no Boulevard das Artes (2º andar) da Estação das Docas. Outra opção para pagar apenas R$ 10,00 é a inclusão do nome na lista amiga da festa, disponibilizada pela Ecleteca através do endereço http://ecleteca.com.br/noitesomdonorte ; a lista será encerrada no próprio dia da festa, 24 de março, às 12h.

A Noite Som do Norte tem o apoio do Coletivo Megafônica, Café com Arte, Cerpa, Ecleteca, MTV Belém, Morena Iaçá e Ponto Zero.

Promoção – O Fã-Clube Johny Rockstar irá aproveitar a Noite Som do Norte para fazer a entrega da camiseta da banda. A promoção foi anunciada no Twitter tão logo se confirmou a participação da Johny na festa. Qualquer pessoa pode participar, mesmo sendo filiado ao fã-clube ou seguidor de seu perfil no Twitter; basta tuitar a frase “Eu sigo o @fcjohnyrockstar e quero ganhar uma camisa da @johnyrockstar !” O sorteio irá acontecer no dia 20, domingo.

Saiba mais:
•Assista o clipe “Astronave”, da Monovox, no YouTube: http://www.youtube.com/watch?v=mGmNSt1fS30
•Ouça uma prévia do CD Rotação Setenta e Sete, da Monovox, no Som do Norte: http://somdonorte.blogspot.com/2011/01/agenda-belem-monovox.html
•Baixe o EP Monoral, da Johny Rockstar, no Som do Norte: http://somdonorte.blogspot.com/2011/03/central-de-abastecimento-monoral-johny.html

Anexo
Foto: Johny Rockstar no Festival Megafônica – agosto de 2010
Crédito obrigatório: Ricardo d’Almeida

SERVIÇO

5ª Noite Som do Norte
Shows: Johny Rockstar e Monovox
DJs: Camilly (Peggy) e Roberto Figueiredo
Local: Café com Arte (Trav. Rui Barbosa, 1437, entre Brás de Aguiar e av. Nazaré)
Fone: 3224-8630
Data: 24 de março, quinta, 21h
Ingressos: R$ 15 (na hora); antecipados a R$ 10,00 (Café com Arte e Morena Iaçá da Estação das Docas); com nome na lista amiga (http://ecleteca.com.br/noitesomdonorte), R$ 10
Realização: www.somdonorte.com.br
Apoio: Coletivo Megafônica, Café com Arte, Cerpa, Ecleteca, MTV Belém, Morena Iaçá e Ponto Zero

Informações para a imprensa

Contatos para entrevistas:
Eliezer Andrade – Johny Rockstar
elliezzer@hotmail.com

Marcelo Taffarel – Monovox
monovoxrock@hotmail.com
Assessoria de Imprensa Som do Norte
Fabio Gomes
91-8279-7680

Palestra "Faça Você Mesmo", com Redson Pozzi, da banda Cólera, sexta-feira (18), no Espaço Ná Figueredo

 

Como três punks paulistas conseguem levar seu som raivoso para a Europa, excursionar por vários países e fazer história como o primeiro grupo brasileiro do gênero a alcançar o feito de se apresentar no velho mundo? A resposta é a boa e velha máxima do “faça você mesmo”. “Acreditamos que seria possível. Guardamos dinheiro durante 14 meses para as passagens aéreas, e ainda tivemos que pegar empréstimos, para ter algum dólar em mãos e não voltar da fronteira. Fomos com 18 shows marcados e voltamos com 56 shows realizados em dez países”, relata Redson Pozzi, guitarrista e vocalista da banda Cólera. O músico apresenta esta sexta-feira a empreitada do grupo em palestra na Loja Ná Figueiredo, às 18h, com entrada franca.

A ideia é aproveitar o primeiro show da lendária banda em Belém, e reunir o cenário artístico empreendedor que também planeja alçar vôos além mar. Com apoio da PróRock, Xaninho Discos e Ná Figueredo, o encontro vai expor como o Cólera conseguiu romper o bloqueio e tocar no circuito independente europeu, tornando-se a primeira banda brasileira de rock a tocar em países como Alemanha, Holanda e Espanha, entre outros. “É preciso fazer um trabalho de divulgação razoável de uma banda de qualquer lugar de fora na Europa, para ser possível uma tour tranquila. Mas é possível também pagar tudo do bolso, sem ganhar bilheteria, e tocar todo dia pra 15, 25 pessoas durante semanas”, explica Redson.

Além de ter realizado sua primeira turnê européia de forma independente, outros feitos constroem a trajetória de 30 anos do Cólera. Redson (voz e guitarra), Pierre (bateria) e Val (baixo) foram os protagonistas de outro marco do punk nacional: em 1982, gravaram o primeiro disco do gênero, Grito Suburbano. De lá para cá, foram mais de 14 discos lançados, entre álbuns e coletâneas.

 O show do Cólera em Belém acontece amanhã, no Açaí Biruta, a partir de 19h. na abertura da noite, uma trinca de bandas anfitriãs: Deliquentes, Licor de Xorume e Nó Cego.

 SERVIÇO:

Palestra “Faça Você Mesmo”, com Redson Pozzi, da banda Cólera, sexta-feira (18), a partir de 18h, com entrada franca, na loja Na Figueiredo da AV. Gentil Binttencourt, 449. Informações: (91) 3224 – 8948.

Show das bandas Cólera, Deliqüentes, Licor de Xorume e Nó Cego no Açaí Biruta. Dia 19 de março, a partir das 19h.

Informações: (91) 8214 2890 / 8214 2890. Ingresso antecipados a venda nas lojas For Fun Skate Shopping (3223-0042), Distro Rock Store (3083-0152) e Fábrika Stúdio (3222-1810).

Johny Rockstar e Monovox – 5ª NOITE SOM DO NORTE

 

5ª NOITE SOM DO NORTE TERÁ SHOWS DAS BANDAS JOHNY ROCKSTAR E MONOVOX
A festa acontece dia 24 de março, quinta, no Café com Arte

A 5ª edição da Noite Som do Norte terá como destaques o primeiro show neste ano da banda Johny Rockstar, e o lançamento do clipe “Astronave”, da banda Monovox. Os DJs Camilly (Peggy) e Roberto Figueiredo também marcam presença na festa que acontece no Café com Arte no dia 24 de março, quinta-feira, a partir das 21h.

A última apresentação da Johny em Belém foi em novembro do ano passado, no show da campanha beneficente Zoe Feliz. Já a Monovox, que volta à capital paraense depois de ter tocado em São Paulo no sábado, 12 de março, irá lançar “Astronave”, o primeiro clipe de seu CD de estreia, o Rotação Setenta e Sete, lançado em janeiro. O clipe será exibido no telão do quintal do Café com Arte às 22h.

Johny Rockstar conta com um público fiel em Belém, que sempre prestigia seu rock cheio de veneno e empolgação, que tem momentos de pegada forte pra agitos e também horas de baladas românticas para os apaixonados – em suma, música pop rock de qualidade e universal. Entre as influências do quarteto, estão Foo Fighters, Nirvana, Queens Of The Stone Age, Velvet Revolver, Metallica, Weezer e Los Hermanos. Os fundadores da Johny – Eliézer Wonkas III, Nata Ken Master, Elder Effe e Ivan Vanzar – integram ou já fizeram parte de importantes formações do rock paraense, como Madame Saatan, Suzana Flag, Eletrola, Ataque Fantasma e Clube de Vanguarda Celestial. Já se apresentaram em todos os principais festivais e casas de Belém, e seu show no Festival Casarão 2009 é lembrado até hoje em Porto Velho(RO) (seu hit “Alcalina” virou o hino daquela edição do festival). Já lançaram dois EPs, Johny Rockstar Ao Vivo e Monoral.

A banda Monovox nasceu em 2009 com a ideia de fazer um rock com características oitentistas, aliando referências brasileiras (Ira!, Inocentes, Violeta de Outono) e européias (Joy Division, Cure, Smiths, Bauhaus). Inicialmente, Marcelo Tafarel (vocal, guitarra e órgão) convidou outros três músicos (Marcelo Rabelo – guitarra, Marcelo Campos – baixo e Silvio Boulhosa – bateria) apenas para gravar as composições que ele havia feito para o CD Rotação Setenta e Sete. O entrosamento do quarteto durante a gravação no estúdio Blue Submarino, em Belém, em 2010, levou à solidificação da ideia de atuarem efetivamente como uma banda. O CD foi lançado em show no Espaço Aberto Ná Figueredo em janeiro; na ocasião, Monovox já havia sido convidada pelo proprietário da Baratos Afins, Luiz Calanca, para tocar agora em março em São Paulo, no evento Rock na Vitrine, ao lado das bandas paulistanas Coveiros da Quarta Parada e Johnny Brechó.

Os ingressos antecipados para a 5ª Noite Som do Norte, no valor de R$ 10,00, já estão à venda no próprio Café com Arte e na loja de artigos regionais Morena Iaçá, que fica no Boulevard das Artes (2º andar) da Estação das Docas. Outra opção para pagar apenas R$ 10,00 é a inclusão do nome na lista amiga da festa, disponibilizada pela Ecleteca através do endereço http://ecleteca.com.br/noitesomdonorte ; a lista será encerrada no próprio dia da festa, 24 de março, às 12h.

A Noite Som do Norte tem o apoio do Coletivo Megafônica, Café com Arte, Cerpa, Ecleteca, MTV Belém, Morena Iaçá e Ponto Zero.

Promoção – O Fã-Clube Johny Rockstar irá aproveitar a Noite Som do Norte para fazer a entrega da camiseta da banda. A promoção foi anunciada no Twitter tão logo se confirmou a participação da Johny na festa. Qualquer pessoa pode participar, mesmo sendo filiado ao fã-clube ou seguidor de seu perfil no Twitter; basta tuitar a frase “Eu sigo o @fcjohnyrockstar e quero ganhar uma camisa da @johnyrockstar !” O sorteio irá acontecer no dia 20, domingo.

Saiba mais:
•Assista o clipe “Astronave”, da Monovox, no YouTube: http://www.youtube.com/watch?v=mGmNSt1fS30
•Ouça uma prévia do CD Rotação Setenta e Sete, da Monovox, no Som do Norte: http://somdonorte.blogspot.com/2011/01/agenda-belem-monovox.html
•Baixe o EP Monoral, da Johny Rockstar, no Som do Norte: http://somdonorte.blogspot.com/2011/03/central-de-abastecimento-monoral-johny.html

Anexo
Foto: Johny Rockstar no Festival Megafônica – agosto de 2010
Crédito obrigatório: Ricardo d’Almeida

SERVIÇO

5ª Noite Som do Norte
Shows: Johny Rockstar e Monovox
DJs: Camilly (Peggy) e Roberto Figueiredo
Local: Café com Arte (Trav. Rui Barbosa, 1437, entre Brás de Aguiar e av. Nazaré)
Fone: 3224-8630
Data: 24 de março, quinta, 21h
Ingressos: R$ 15 (na hora); antecipados a R$ 10,00 (Café com Arte e Morena Iaçá da Estação das Docas); com nome na lista amiga (http://ecleteca.com.br/noitesomdonorte), R$ 10
Realização: www.somdonorte.com.br
Apoio: Coletivo Megafônica, Café com Arte, Cerpa, Ecleteca, MTV Belém, Morena Iaçá e Ponto Zero

Informações para a imprensa

Contatos para entrevistas:
Eliezer Andrade – Johny Rockstar
elliezzer@hotmail.com

Marcelo Taffarel – Monovox
monovoxrock@hotmail.com
Assessoria de Imprensa Som do Norte
Fabio Gomes
91-8279-7680

SHOW DA BANDA CÓLERA: MOMENTO HISTÓRICO EM BELÉM

Gil Sótter para o blog Rock Pará

Lenda do punk nacional aporta em Belém
Paulista do Cólera chega no dia 19 de março no Açaí Biruta para um show histórico, tendo como bandas de abertura Delinqüentes, Likor de Xorume e Nó Cego

Algumas poucas semanas separam o público de Belém de um dos maiores grupos punk do Brasil. Depois de 30 anos de expectativa, finalmente a pioneira banda paulista Cólera já tem data certa para desembarcar por aqui e fazer um show digno de uma lenda do rock. No próximo dia 19 de março, a Xaninho Discos com apoio da Pro Rock recebe o trio em grande estilo no Açaí Biruta, com uma trinca de bandas anfitriãs que vão abrir a noite: Delinqüentes, Licor de Xorume e Nó Cego. E já dá para garantir lugar nessa rockada. Os ingressos antecipados do show estão à venda nas lojas Ná Figueredo ao preço de R$ 20.

Com 14 discos, entre álbuns e coletâneas, Cólera é uma banda fundamental na história do rock feita em três rápidos acordes que tomou conta da cena musical nos anos 1980. Resistindo bravamente ao tempo, o grupo está na estrada desde 1979 e vem a Belém com sua formação original: os irmãos Redson (voz e guitarra), Pierre (bateria) e Val (baixo). Foram eles os protagonistas de um marco do punk nacional: em 1982, gravaram o primeiro disco do gênero, Grito Suburbano.

Os caras trazem ainda na bagagem tantos outros feitos a que se orgulhar. “Pela Paz em Todo Mundo” (1986), segundo álbum da discografia oficial de estúdio, é consagrado como um dos melhores do gênero no Brasil até hoje. Com mais de 30 mil cópias vendidas em terras nacionais, EUA e Europa, o álbum rendeu duas turnês pelo Brasil e uma turnê européia.

Não à toa, a notícia do primeiro show da lendária banda em terras paraenses já causa frisson. O vocalista do Delinqüentes e proprietário do Fabrika Estúdio, Jayme Katarro, já tocou com o grupo em um festival em São Paulo. Segundo ele, das quatro noites, o melhor show foi do Cólera. “A galera pode esperar muita energia. O show é surpreendente”, diz.

Já o guitarrista, vocalista e compositor punk Giovani Villacorta, da Norman Bates, nunca assistiu ao vivo a um show, apenas em vídeo, mas é declarado fã da banda. “Os caras são uma lenda. Sempre quisemos ver um show deles em Belém, mas não dava certo. Agora deu, com certeza vou para o show e vou curtir muito”.

Se o público já está ouriçado, a vontade de fazer uma grande noite de rock também toma conta da banda. “Foi difícil concretizar a ida até Belém, mas agora que a data está confirmada, há um ânimo em relação a um formato de cena bem singular que em breve encontraremos. Já temos até a intro do show bolada pra Belém, mas é surpresa!”, diz vocalista Redson.

Por e-mail ele antecipa os os próximos projetos da banda, mantendo o fôlego após três décadas de palcos. “Nosso foco, desde janeiro de 2009, tem sido as comemorações de 30 anos. Fizemos shows de álbuns na íntegra aqui em Sampa e ainda faltam seis álbuns para completar o projeto. Estamos preparando o DVD de 30 anos e o próximo álbum de inéditas”, confirma.

Pioneirismo em turnês pela Europa

Cólera foi a primeira do gênero no rock nacional a fazer uma turnê fora do país em 1987. O que a princípio eram 18 shows marcados em três meses se transformou em 56 shows em 10 países em cinco meses. Em 2004 e em 2008 fizeram mais de 50 shows na Europa e até hoje são muito conhecidos em países como Alemanha, Holanda e Portugal.

“Esta quebra de barreira permitiu a outras bandas brasileiras tocarem na Europa, como Ratos de Porão, Sepultura, Ação Direta, Replicantes, Dead Fish, e muitas outras bandas, que seguem o mapa do circuito underground europeu”, explica Redson.

A Pro Rock deve promover um encontro entre membros de bandas e interessados em saber mais sobre o mercado e circuito europeus do rock independente. Os detalhes sobre a palestra “Faça Você Mesmo”, de Redson, ainda estão sendo acertados e serão divulgados em breve, provavelmente com apoio do selo Na Music.

A Xaninho Discos é a produtora responsável pelo show, que vem para provar que o punk está cada vez mais vivo em Belém. O patrocínio é do Curso Exemplo e da loja For Fun Street Shop. Com apoio da Pro Rock, Música Paraense e Fabrika Studio, 1.6.3 Tattoo, Esmael Tattoo Art, Damexe Alargadores, Veg Casa e Programa Entrevista Amazônia.

Serviço:
Show das bandas Cólera, Deliqüentes, Licor de Xorume e Nó Cego no Açaí Biruta. Dia 19 de março a partir das 19h.
Informações: (91) 8214 2890 / 8214 2890 / 9139 4479
E-mail: xaninhodiscosfalidos@gmail.com
Twitter: @xaninhodiscos

Assessoria de Imprensa: Pro Rock
Caso precisem de fotos em ALTA Resolução, peçam por e-mail.
Creditos da Foto: Fi Rocha
Contatos: Nicolau Amador (91) 9614 1005 / 8116 2607