Conexão Vivo 2010 – Votação do público do público vai até esta terça-feira (30)

Conexão Vivo 2010 – Votação do público do público vai até esta terça-feira (30)
86 artistas paraenses se inscreveram no Edital. Os quatro mais votados pela internet garantem vaga nas atividades do programa

Encerra-se nesta terça (30) a votação popular para a escolha de artistas do Edital Conexão Vivo 2010. Os quatro mais votados pelo público e 46 escolhidos por curadoria garantem vaga nas atividades do programa para este ano, que vai acontecer em Minas Gerais, Bahia e no Pará. Ao todo serão 50 artistas selecionados que também vão estar presentes em coletâneas em CD (físicos e virtuais), LPs e DVDs. A votação acontece exclusivamente pela Internet, no endereço www.conexaovivo.com.br.

PARÁ
No Pará, 86 artistas que se cadastraram no portal Conexão Vivo estão concorrendo às vagas do programa, que vai percorrer 11 cidades nos três estados selecionados entre os meses de abril e setembro. A votação dos internautas garante quatro vagas no edital. As demais serão escolhidas através de uma curadoria formada por profissionais da área de música do país.

Coordenação de Comunicação – Conexão VIVO Pará
Conexão VIVO no Pará
http://www.conexaovivo.com.br/

Rafael Guedes
[email protected]

Marcelo Damaso
[email protected]

::

Radiossonico, na sexta; e Te Comporta, Menina !, na quinta. Expecionalmente nessa semana.


Devido a transmissão do jogo do Remo, pela rádio Unama, extraordinariamente, o programa RadioSSonico não vai ao ar nesta quinta-feira. Excepcionalmente, o Radiossonico vai ao ar na 6ª feira a partir das 20h. O programa radiossonico será transmitido ao vivo pela, das 20 às 22h. A festa TE COMPORTA MENINA !, porém, continuará nessa quinta-feira. No bar Quintall Bar, a partir das 22h, com Suzana Flag e Tomarock.

BANDA NAVALHA: REVELAÇÃO DA PRIMEIRA EDIÇÃO DO FABRIKAOS DE 2010


A primeira edição de 2010 do festival Fabrikaos, que aconteceu no Caverna Clube (Belém-PA), durante os dias 19, 20 e 21 deste mês, foi marcado pela excelente qualidade das bandas, mas também dos profissionais envolvidos na produção do evento.

Porém, um dos pontos altos foi a estreia da banda Navalha. Som pesado, letras inteligentes, músicos talentosos; grande promessa. Para falar sobre a Navalha, o vocalista Eric Alvarenga, que também é vocalista e guitarrista da banda Aeroplano, conta mais sobre esse novo projeto.

Navalha é:
Bateria: Thyago Casablancas
Baixo: Cláudio Fly
Guitarra: Andrey Moreira
Guitarra: Felipe Alvarenga
Vocal: Eric Alvarenga

Conheça mais sobre a banda Navalha:

Myspace: www.myspace.com/projetonavalha
Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=98389677
Fotolog: http://www.fotolog.com.br/projetonavalha
BEL ROCK: http://www.belrock.com.br/navalha

email: [email protected]
Twitter: www.twitter.com/_navalha


Conte sobre como surgiu a ideia de montar a banda Navalha?
Essa banda foi ideia do Andrey, ele queria juntar uma galera pra fazer um som pesado mas ao mesmo tempo que fosse acessível às pessoas. Daí ele foi chamando amigos pra fazerem parte da banda. Eu conhecia o Andrey dos tempos do Caustic, mas nunca havia falado com ele. Nós nos conhecemos por conta do Milton, que era o nosso antigo guitarrista. Como a idéia deles era fazer músicas cantadas em português então resolveram me chamar, pois já gostavam do trabalho que eu fazia no Aeroplano e sabiam que eu gostava de metal. Daí pra frente a banda foi ensaiando. A formação mudou bastante do começo da banda até a agora e ainda não acabaram as mudanças. Infelizmente perdemos o nosso baterista. Ele vai morar em São Paulo e agora estamos atrás de outro.

O que você achou da reação do público na estreia da banda no Fabrikaos?
Achei fantástica. Estavamos muito apreensivos quanto a isso, pois rolava uma certa ansiosidade das pessoas em relação a nossa banda, muito por conta do Andrey, pois a antiga banda dele era talvez a a mais conhecida aqui em Belém no tempo em que eles tocavam. E essa expectativa toda parecia recair sobre nós, pois muita gente queria saber o que nós estavamos fazendo. A sensação de tocar nossas músicas pela primeira vez num show foi ótima ao ver que as pessoas estavam reagindo bem. Lá da frente eu ouvia muitos aplausos e uns gritos de “do caralho!!!!!”, então isso com certeza fez a gente sentir que estamos indo no caminho certo. Recebemos muitos elogios no final do show. Estamos felizes.


Como você vai se dividir agora entre as bandas Aeroplano e Navalha?
Boa pergunta! (hahahaha). Tem sido fácil até agora, pois ainda não coincidiu das duas bandas tocarem no mesmo dia e quando isso acontecer vai ser cruel, pois eu dou sangue ali no palco quando estou tocando e no final de cada show eu estou já no limite do cansaço. Mas é assim mesmo. Os músicos que eu mais admiro tem vários projetos pra suprir a necessidade deles de fazer música. Eu sempre fui amante do metal, desde muleque, e sentia falta de ter um projeto em que eu pudesse desenvolver esse meu gosto. Agora já tenho um e estou bastante satisfeito.

Quais são os planos para as duas bandas?
Basicamente é o mesmo: lançar material audiovisual e tocar. O Aeroplano acabou de gravar um CD em Goiânia e estamos só finalizando alguns detalhes pra lançar quem sabe ainda nesse semestre. Navalha tem 10 músicas já prontas e ensaiadas, falta só conseguirmos um baterista novo, passar as músicas com ele e entrar no estúdio pra gravar uma demo. Estamos pensando primeiro num material de cinco para divulgar nosso trabalho por aí e ir conquistando nosso espaço por Belém aos poucos.

1º FABRIKAOS FESTIVAL 2010


Entrevista sobre o Fabrikaos Festival no blog Pergunta pro Didi:
http://perguntaprodidi.blogspot.com/2010/03/didi-pergunta-jayme-katarro-sobre.html

Fabrikaos Festival faz três dias de Rock no Caverna Clube.
Por Diego Fadul.

Bem no meio do inverno mais quente da história da Amazônia, nos dias 19, 20 e 21 de março, o Caverna Clube receberá o Fabrikaos Festival, com uma amostra do que se vê de mais interessante no rock da capital paraense neste início do ano.

Já tendo ocorrido em outras edições desde 2007, o Fabrikaos tem por tradição abarcar bandas com estilos mais nervosos, que vão do Hardcore ao Metal extremo. Entretanto, este ano nitidamente abriu as portas ao pop e ao alternativo, recebendo bandas como a festejada Dharma Burns, recém chegada de festivais em Brasília e Cuiabá, e as apostas Myttus, que foi destaque do CCAA Fest do ano passado e o Letrac, com seu atual e moderno stoner rock.

Como um knob de volume de um bom amplificador valvulado, a brutalidade do som vai aumentando a cada dia do Fabrikaos: O sábado é marcado pela estréia da Navalha, que tem à frente um dos guitarristas consagrados do final dos anos 90, ex-Caustic, Andrey Moreira, além da esperada apresentação da Delinquentes, sem dúvida uma das bandas mais queridas do estado e muito respeitada nacionalmente, retornando de um show em Brasília pelo Grito Rock América do Sul.

No domingo, é como se diz por aí, quem for podre que se quebre: Anubis, Telaviv, Warpath e Tenebrys. “Acho que o teto vai tremer”, profetiza Jayme Katarro, realizador do festival, na certeza de contar com o público dos camisas-pretas. “Nas edições anteriores, tivemos dias com mais de 400 pagantes e isso graças ao público do som mais pesado, que é geralmente quem enche mais a casa”, comenta.

Sobre a escalação das bandas, Jayme diz que “cada dia tem algumas bandas mais fortes, mas todas são de suma importância”. Ele complementa: “O Aeroplano está prestes a lançar um CD, seria injusto não entrar nessa noite mais alternativa. O All Still Burns tem um grande público dentro do seu estilo (metalcore). Também será a primeira vez que duas bandas baluartes e veteranas da cena Punk / HC estarão no festival – Delinquentes e os Babyloyds. A noite de metal nem se conta. Coloquei 4 bandas headliners num único evento (Anubis, Telaviv, Warpath e Tenebrys). Sem falar também que há boas bandas de abertura, mais novas ou que não estão na mídia, mas que merecem uma chance nessa vitrine, como o Freak (post-core) e o Raich (heavy metal), ambas interessantes, além da excelente Síncope no primeiro dia”.

Serviço:
1º FABRIKAOS FESTIVAL 2010:
Dias 19, 20 e 21 de Março.

Sexta (19/03): 21:00h
Dharma Burns, Aeroplano, Letrac, Myttus e Sincope

Sábado (20/03): 21:00h (e não 19:00h como está no cartaz)
All Still Burns, Delinquentes, Babyloyds, Navalha e Freak

Domingo (21/03): 17:00h
Anubis, Warpath, Tenebrys, Telaviv e Raich

Local: Caverna Clube (14 de abril c/ magalhães barata)
Ingressos: 7,00

Realização: Boto Core Produções

Contatos: 8803-7259 / 3222-1810 (C/ Jayme)

PRIMEIRO FABRIKAOS FESTIVAL

Colocar no mesmo festival as mais variadas vertentes do rock paraense. Assim será a primeira edição do Fabrikaos Festival. Do Pop ao Metal extremo. Sem qualquer tipo de preconceito. Mostrando o quanto a cena da música independente do Pará está muito a frente de outras.

1º FABRIKAOS FESTIVAL 2010:
Dias 19, 20 e 21 de Março.

Sexta (19/03): 21:00h
Dharma Burns, Aeroplano, Letrac, Myttus e Sincope

Sábado (20/03): 21:00h (e não 19:00h como está no cartaz)
All Still Burns, Delinquentes, Babyloyds, Navalha e Freak

Domingo (21/03): 17:00h
Anubis, Warpath, Tenebrys, Telaviv e Raich

Local: Caverna Clube (14 de abril c/ magalhães barata)
Ingressos: 7,00

Realização: Boto Core Produções

Contatos: 8803-7259 / 3222-1810 (C/ Jayme)

DOMINGO É DIA DE………HARDCORE

14 de março é a data da volta de duas bandas que, indiscutivelmente, tem seu reconhecimento de serviços prestados ao hardcore/punk da Amazônia. Escárnio com seus quase 9 anos, prestes a lançar seu debut-cd e sua tour marcada pelo centro-oeste em julho desse ano, mostra sua mescla entre o fast-hardcore e o powerviolence com formação nova.

Rennegados com também quase 9 anos, depois de um extenso hiato, mostra sua volta mais viril do que nunca com seu crossover calcado em DRI e Suicidal, se apresentando com a formação clássica da banda. De abertura estaremos a cargo de bandas amigas e não menos importantes no nosso círculo, como a grindeiragem extrema do Baixo Calão comemorando seus 14 anos de pura destruição musical, e o catuabacore do Licor de Xorume voltando de shows no Centro-oeste. A festa está armada ainda com sorteio de brindes, venda de rango vegetariano, venda de bebida alcoólica, venda de material independente, discotecagem hardcore/punk entre as bandas. Então, venha conferir essa lucha libre do HARDCORE REUNION, só não vale soco no saco!