Verão roqueiro em Belém: Temporada “Te Comporta, Menina !!!” e “Seletivas Se Rasgum”

CRÉDITO DA FOTO: RENATO REIS

Enquanto que o resto do País estava se debatendo com tanto frio, aqui em Belém tivemos um início de verão regado a muito Rock, em todos os sentidos, com dois eventos que marcaram o mês de julho: a temporada de shows das bandas Suzana Flag e La Pupuña junto com outras bandas convidadas; mas também para fechar o mês com chave de ouro ocorreu a primeira parte das Seletivas da 4ª edição do festival Se Rasgum, com os shows memoráveis das bandas locais (as selecionadas pelo público foram Máfia da Baixada, Sincera, Plug Ventura e Hebe e Os Amargos). Porém, o final da festa ficará para sempre guardado, para quem foi, com o show da banda gaúcha Pata de Elefante. Talvez, nunca tenha se visto uma grande quantidade absurda de moshs num show de Rock instrumental.
Os dois eventos foram realizados de frente para a Baía do Guajará (“Te Comporta, Menina” – no Palafita; “Seletivas Se Rasgum” – no hotel Gold Mar). Lugar mais propício impossível, com a lua sendo sempre a anfitriã. Regionalizando, não apenas musicalmente, mas sobretudo, em atitude a cena independente do Pará.
Durante a temporada de shows das bandas Suzana Flag e La Pupuña, no “Te Comporta, Menina !!!”, os músicos mostraram por quê o Brasil inteiro “paga pau” para a cena local. Talento, competência e a malandragem paraense presentes em altos níveis de decibéis e alcoólicos. Um dos grandes momentos das bandas convidadas foi à participação “do Johny Rock Star. Quase que o piso do Palafita veio abaixo.
Os produtores do festival clássico na cidade de Belém, Se Rasgum, mostraram muita competência para a realização da primeira parte das seletivas do festival. Independente das bandas classificadas, mas uma situação fica, cada vez mais clara, que as bandas do Estado estão muito a frente do que está acontecendo no resto do Brasil.
Falar sobre diversidade já ficou banal para explicar. Mas é algo impressionante: como as bandas não se parecem umas com as outras, como na cena gaúcha; não temos milhares de bandas emo, como na cena paulistana; isso citando apenas as localidades mais conhecidas. Parabéns para todas as bandas paraenses que participaram do festival.
O gozo dessa primeira edição das “Seletivas Se Rasgum” foi o MARAVILHOSO show da banda gaúcha Pata de Elefante. Completamente fora do mundo sixties do Rio Grande do Sul, os músicos suaram mesmo a camisa tocando e fazendo o público pirar. Sem esquecer o tempero paraense no show dos gaúchos, pois ainda teve a participação de Tony da Gaita, da banda Blues e Cia, quebrando tudo.
Eu, sinceramente, nunca tinha visto uma quantidade excepcional de moshs durante uma apresentação de uma banda instrumental. Algo sem precedente e inesquecível….
Que o Verão continue mais quente e com mais shows memoráveis.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *